A SERVIÇO DO MESTRE EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

AMILTON CARDOSO BERNARDES – 09/12/1964 – 12/07/2011

Já faz algum tempo que a secção “biografias” não publica a vida de homens e mulheres dedicados à obra do Senhor.

 Sempre apreciei as biografias de pessoas que se destacaram, colocando suas vidas no altar, “deixando tudo para trás”, e obedientes ao “IDE” de Jesus, gastaram suas vidas em prol de seu Nome precioso.

Hoje vamos conhecer um pouco da vida de Amilton Cardoso Bernardo, obreiro fiel e dedicado ao seu Mestre, chamado à sua presença no dia 12 de julho de 2011

Amilton nasceu em Nonoai, um bairro localizado na zona sul de Porto Alegre, no dia 9 de dezembro de 1964. Era filho de Honorato da Silva Bernardo e de Francisca Cardoso Bernardo, e mais sete irmãos.

No ano de 1978 mudou-se para a cidade de Chapecó-SC, e quando estudava a 7ª série conheceu um colega de sala chamado Cláudio Martinowski (Hoje missionário na França), que lhe entregou um folheto e o desafiou a estudar a Bíblia através do curso “O que a Bíblia Ensina”.

No ano seguinte converteu-se ao Senhor Jesus Cristo, e seu batismo nas águas foi realizado na páscoa deste mesmo ano. Logo, o ardor por missões despertou em seu coração.

Cooperou com a igreja em Coronel Vivida – PR, mais tarde com a igreja do centro, em Chapecó – SC, e em diversos bairros como Mal. Bormann, Cunha Porã, Alto da Serra,Herval Grande, Maravilha.

Durante os anos de 1988 à 1997 cooperou com diversos acampamentos, no desenvolvimento do louvor a Deus.

A história de sua chamada começa em 1980, num encontro missionário promovido pela UMEAS, na cidade do Rio de Janeiro, tendo como preletor o missionário em Portugal irmão Antonio Calaim, que ressaltou sobre a necessidade de obreiros em São Tomé e Príncipe.

Assim, Amilton foi desafiado a se envolver e conhecer melhor este país, pedindo à igreja do Bairro de Bela Vista – SC -,onde congregava,  a orar ao Senhor pelo envio de obreiros. Logo a oração dessa igreja foi ouvida nos céus e ele mesmo foi indicado e recomendado por Deus.

Amilton - Recomendação

O dia 14 de abril de 1998 ficou assinalado em sua história, pois foi o dia que chegou em São Tomé e Príncipe, onde iniciou o projeto de implantação de igrejas locais.

 Foto da Igreja em São Tomé e Príncipe

Amilton Igreja

Uma equipe de obreiros nacionais e brasileiros tem sido indispensável para o avanço da obra. Dentre eles, os que trabalham em tempo integral são:

 Adilson e Noemi Bonfim (Água Porca e Água Arroz),

Agapito e Eunice Paraíso(Pinheira)

António e Germana Sanches Rodrigues (Água Arroz),

Inácio Gomes (Água Arroz)

Eliud e Sandra Paraíso (Pinheira e Guegue e arredores)

Grioprix e Annelize Tomé (Água Arroz e arredores)

Gonçalve e Adijanilsa Sousa (Santana e arredores)

Ivanor e Djamila Rizzo (Ribeira Afonso e arredores)

Quissanguela e Somilsa Morrema (em formação no Instituto Bíblico)

Robson e Dorca Venuti (Projeto Ganha pão – Horticultura)

Igrejas locais estabelecidas e com liderança local:

Água Arroz (capital Sao Tome, distrito de Água Grande)

Nova Canaã (Água Izé) e Ribeira Afonso (distrito de Cantagalo)

 Igrejas em fase de estabelecimento:

Água Porca, Ok del Rei (distrito de Água Grande)

Santana, Pinheira, Guegue, Praia Colônia, Colônia (distrito de Cantagalo)

 CENTRO DE TREINAMENTO BÍBLICO

 Seu objetivo é formar obreiros locais e posteriormente enviá-los para o continente africano. Para isto três irmãos sãotomenses já estiveram no Brasil fazendo curso teológico. São eles: Eliud e esposa, Grioprix e esposa, Quissanguela e esposa (em formação no Brasil) e ainda Ivanor L. Rizzo e esposa.

Atualmente as igrejas locais já estão se mobilizando e avançando com o Evangelho em novas frentes de trabalho evangelísticos nos distritos de Lobata  na localidade de Guadalupe e em São João dos Angolares, distrito de Caué.

Em Nova Canaã em uma área de mais de 30.000 quadrados, foi construído uma casa em madeira que foi denominada CASA MISSIONÁRIA. Além de abrigar os missionários, o projeto é implantação de um centro bíblico de apoio às igrejas.

A casa dispõe de uma biblioteca com mais de mil livros. Nas proximidades, em fase de acabamentos, está a casa de oração que abriga a igreja local.

Ainda em Nova Canaã, está em fase de acabamentos um barracão de 13 x 18 metros quadrados que vai abrigar o projeto “Ké Béga Xá” (Casa barriguinhas Cheias).

Para as igrejas da capital (Água Arroz, Água Porca e Ok del Rei), Ribeira Afonso, Pinheira, Santana, já foi possível a aquisição de terrenos, o desafio é iniciar com a maior brevidade possível a construção das casas de oração.

Casamento com Adriana em 13 de dezembro de 1997

Amilton

 Com  os filhos

Exif JPEGDessa abençoada união tiveram dois filhos, Asafe nascido em São Tomé no dia 08 de setembro de 1999 e Ana Maressa no dia 19 de maio de 2003 em Portugal.

O trabalho do Senhor em São Tomé e Príncipe desenvolveu-se de forma maravilhosa e abençoada, com crentes valorosos e obreiros ativos que continuam levando o facho do Evangelho que foi passado das mãos de Amilton.

 Projecto “Ké béga Xá” (casa barriguinhas cheias)

Amilton casa de recup 2

 

Amilton casa recup 2

 

Casa de recuperação: não existe no país nenhuma clínica ou casa de recuperação para dependentes de drogas ou álcool. O número de alcoólatras que nos procuram pedindo ajuda é crescente.

recu

Após uma longa enfermidade, que iniciou com um câncer na base do crâneo em junho de 2009,o Senhor achou por bem levá-lo no dia 12 de julho de 2011, e com certeza receberá da parte de Jesus “Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor”.

Adriana prossegue no ministério, servindo ao Senhor com seus dois filhos, junto à igreja local em Chapecó e apoiando a obra do Senhor em São Tomé e Príncipe.

Que a vida deste nobre servo do Senhor fale a muitos corações, e leve muitos a imitá-lo na obediência ao  IDE do Senhor Jesus.

Ao Senhor Jesus toda a glória.

Que assim seja

Orlando Arraz Maz

Esta entrada foi publicada em BIOGRAFIAS. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a A SERVIÇO DO MESTRE EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

  1. Elilda Gomes da Silva Marega disse:

    Eu também gosto muito de ler biografias de homens e mulheres de que se doaram para a obra do Senhor. Foi muito bom conhecer a biografia do nosso amado irmão Amilton e Adriana Cardoso.
    Obrigada irmão Orlando Arraz Maz. que o nosso Deus continua abençoando a sua vida e de sua amada família muito.

    Com carinho e amor cristão;

    Elilda Marega.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *