MÉDICO E ENFERMEIRO – ESSE É O NOSSO SALVADOR

Corações quebrantados

Todas as vezes que medito na palavra de Deus, mais me alegro em confiar num Deus tão gracioso. Enquanto há os que desprezam suas palavras e apresentam suas teses sem quaisquer fundamentos, há os que bebem suas palavras e são dirigidos por elas.

Neste salmo Deus é médico e um terno enfermeiro. Ele cura os quebrantados e cuida de suas feridas. Ao mesmo tempo em que determina o número de estrelas, conhecendo-as por seus nomes, conhece todas as minhas dificuldades. Nada escapa ao seu entendimento que é impossível de ser medido.

Na parábola do bom samaritano Jesus é o modelo exemplar do médico e enfermeiro. Enquanto todos os demais passam de largo sem notarem a presença do homem assaltado, ferido e bem machucado, o bom samaritano é movido de compaixão, e o socorre prontamente. “Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou perto dele e, vendo-o, encheu-se de compaixão; e aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando nelas azeite e vinho; e pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem e cuidou dele”.(Lucas 10:33,34)

Aquele que criou os luminares e embelezou os céus com as estrelas que ele mesmo criou,(Gên.1:16),  assim como “todas as coisas  foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez”(João 1: 3), cuida de seres humanos prostrados à beira do caminho. Foi assim que o Pai nos viu lá da eternidade, e no devido tempo enviou seu Unigênito filho, que morreu em uma cruz, e pelas suas pisaduras, curou a cada um de nós.

Assim como o salmista, eu e você temos muitos motivos para exclamar do fundo do coração: “Grande é o nosso Senhor, e de grande poder; não há limite ao seu entendimento”. Jesus merece ser louvado com as palavras deste lindo cântico: “O bom pastor buscou-me bem longe do redil, e com ternura achou-me caído, triste, vil. As chagas com amor pensou e ao lar nos braços me levou”.(HC 341).

Que Salvador maravilhoso! Aquele que conta as estrelas e as conhece por seus nomes, desceu dos céus, se fez homem, e nos socorreu dos ataques do salteador dos nossos corações, pensou nossas feridas, nos aconchegou em seus braços, e um dia certamente virá nos buscar. Bendito seja nosso Salvador – Médico e Enfermeiro.

A Ele nossa eterna gratidão.

Que assim seja

Orlando Arraz Maz©

 

Esta entrada foi publicada em ARTIGOS. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *