NATAL – COMEMORAÇÃO DO NASCIMENTO DE JESUS

NATAL – COMEMORAÇÃO DO NASCIMENTO DE JESUS

UM NOME INIGUALÁVEL

 

O seu nome permanecerá eternamente; 
o seu nome se irá propagando de pais a filhos,  enquanto o sol durar; 
e os homens serão abençoados nele; 
todas as nações lhe chamarão bem-aventurado”.  (Salmo 72:17)

            Muitas vezes o nome causa orgulho ao seu possuidor, com algumas exceções. Há os que o honram levando uma vida digna e honesta, enquanto há os que o maculam, com ações reprováveis pela sociedade. Outra característica é a pequena lembrança de nomes de pessoas que se notabilizaram por seus feitos, que logo é apagada da memória por muitos.

             Olhando para este salmo do rei Davi descobrimos que há um nome que nunca se apaga da memória e que muitos o guardam no coração. Não se trata de Salomão, seu filho, mas daquele que um dia viria nascer, cujo nome fora profetizado pelo profeta Isaias: “Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Isaias 9:6).  Sim, o nome de Jesus é incomparável, pois somente ele poderia declarar: “Eis aqui quem é maior que Salomão” (Mateus 12:42).

              Durante    alguns anos o nome de Salomão ficou em evidência entre os judeus, como lembrança de feitos históricos, e hoje poucos o conhecem.

              Mas o nome de Jesus é conhecido nos lugares mais distantes do planeta, pelos sábios e nobres, pelos simples, pelas crianças, pelos índios na mais densa floresta. E todos que conhecem e amam esse nome são fartamente abençoados. Quem diria, hoje, que alcançou a maior benção através da vida de Salomão? Sem dúvida, ninguém. Mas no nome de Jesus há uma multidão que não se pode contar.

             O natal é a comemoração do nascimento de Jesus – um nome dado por Deus  pelo anjo que anunciou seu nascimento à virgem Maria: “ela dará à luz um filho, a quem chamarás JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados”  Um nome exaltado por Deus, nas palavras do apóstolo Paulo: “Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai” (Filipenses 2:9-11).

                  Portanto, alegra-nos o coração saber que o nome de Jesus “permanecerá eternamente e que será irá propagando de pais a filhos, enquanto o sol durar; e os homens serão abençoados nele; e todas as nações lhe chamarão bem-aventurado”.  (Salmo 72:17)

                 Que tal comemorar este Natal na certeza de que Jesus dá paz ao coração, cura para feridas e salvação para a alma? E que seus efeitos benéficos permanecerão enquanto durar o sol. Só assim teremos um abençoado Natal.

               Que assim seja
Orlando Arraz Maz©

Esta entrada foi publicada em ARTIGOS. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *