UMA TRAVESSIA SEM MEDO

salmos-121-1-728

CÂNTICO DO PEREGRINO 

 Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: De onde me vem o socorro?O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra.Ele não permitirá que você tropece; o seu protetor se manterá alerta,sim, o protetor de Israel não dormirá, ele está sempre alerta!O Senhor é o seu protetor; como sombra que o protege, ele está à sua direita.De dia o sol não o ferirá, nem a lua, de noite.O Senhor o protegerá de todo o mal, protegerá a sua vida.O Senhor protegerá a sua saída e a sua chegada, desde agora e para sempre. (Salmo 121)

Este lindo salmo retrata o viajante que vem de longe com destino ao templo de Jerusalém, que ficava no alto de um monte cercado por montanhas. O cansaço da viagem era esquecido, pela alegria em saber que a presença de Deus era real naquele lugar. Deus sempre desejou caminhar entre o seu povo, ora iluminando o caminho, ora guardando de todo o mal.

 Esta era a experiência do salmista: chegar salvo ao seu destino: “O meu socorro vem do Senhor que fez os céus e a terra”.

 Eu e você somos viajantes por este mundo. Ao longo do caminho de nossa vida, Deus se faz presente em todos os momentos, inclusive naqueles mais sombrios, mesmo que não venhamos a admitir. O nosso protetor não dorme nem cochila.

 Como temos chegado até aqui? Com passos lentos de desânimo, trôpegos de incertezas, vacilantes de medos, ou firmes, confiantes? Uma coisa é certa: os passos do Senhor são passos do guerreiro que vence as batalhas, que não desiste, e que com ele nos leva em segurança até o final.

Que ao passarmos pela porta do novo ano, estejamos certos de que Deus cuida de todos e que vai à nossa frente como “guarda de nossas vidas”. E para aqueles que são seus filhos, faz todas as coisas cooperarem “para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Rom.8:28).

Ele vai à nossa frente! Que esta seja a sua inabalável confiança.

 Feliz ano novo.

 Que assim seja

 Orlando Arraz Maz©

 

Esta entrada foi publicada em ARTIGOS. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *