VOCÊ DESEJA VER A CRISTO?

 

verajesus2 (2)

Ora, entre os que tinham subido a adorar na festa havia alguns gregos. Estes, pois, dirigiram-se a Felipe, que era de Betsaida da Galiléia, e rogaram-lhe, dizendo: Senhor, queríamos ver a Jesus.(João 12:20,21)

 

 

 

Penso que a circulação em Jerusalém era algo extraordinário. Repleta de becos e vielas e minúsculas ruas, as pessoas se acotovelavam. Por toda a parte se viam pessoas que falavam as mais diversas línguas, todas caminhando para o templo, o lugar de adoração.

Era época da Páscoa, quando lembravam os tempos no Egito. Traziam ramos de palmeiras nas mãos, e numa só voz gritavam: “Hosana! Bendito é o que vem em nome do Senhor! Bendito é o Rei de Israel!”

No meio de todo este alvoroço, alguns gregos que também se alegravam nesta comemoração, procuraram a Felipe desejosos em ver a Jesus: “Senhor, queremos ver a Jesus”. Nada sabemos do desfecho deste pedido, mas nossos pensamentos nos levam a tecer algumas considerações: aqueles gregos fizeram o melhor pedido de suas vidas – queriam ver a Jesus. Talvez movidos pelos milagres, e o mais impactante ocorrido recentemente – a ressurreição de Lázaro – , ou pelos ensinos profundos, ou pela vida exemplar tão diferente dos mestres judeus e dos filósofos gregos. Tudo isso talvez movesse seus corações, e os atraíssem para conhecer a bendita pessoa de Jesus.

Muitos séculos se passaram, povos e costumes mudaram, mas a curiosidade do ser humano permanece igual, onde muitos desejam “ver a Jesus” com olhar físico, desejosos que os milagres do passado aconteçam em suas vidas, ávidos das bênçãos mais variadas, e tudo objetivando uma vida rica e confortável, longe de privações e da pobreza.

Podemos, sim, e devemos procurar “ver a Jesus” com olhos espirituais, com o olhar da fé, e convidá-lo para que Ele faça parte de nossos projetos. Permitir que Ele se assente e tome a direção do “veículo”, que é a nossa vida, e ao seu lado transitarmos em segurança.

Quando nossos olhos forem abertos, e descobrirmos o amor de Deus revelado em Jesus, deixaremos de lado nossas pretensões humanas e passageiras, nossas ambições de prosperidade, almejando, sim, riquezas espirituais reservadas para todos os que o amam.

Ver a Jesus com os olhos da fé, depositar Nele nossa confiança, é descansar em sua promessa, que “as demais coisas nos serão acrescentadas”.

Que o Espírito Santo abra os nossos olhos para contemplarmos aquele que é Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz. (Isaías 9:6)

Que assim seja

Orlando Arraz Maz©

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *