CÂNCER ? E AGORA, DOUTOR?

Nunca tanto se falou do câncer como nestes dias. É um mal que cresce de forma assustadora. A cada dia somos assaltados por notícias de parentes ou amigos que estão sendo vitimados por esse mal. Muitas vezes nossas palavras são fracas e pobres, e quase nada podemos fazer.

Tenho uma lista de oito nomes de queridos amigos, incluindo uma irmã mais velha,um sobrinho-neto e uma prima, os quais são levados por mim  a Deus em oração.Não faz muito tempo eram somente dois. Pouco     posso fazer por eles, mas sei que este é o melhor recurso colocado por  Deus à disposição do ser humano.

A oração é a via de mão única que me leva à presença do Todo Poderoso. Enquanto estou orando Deus está trabalhando.

Assim,posso orar por estes queridos e pedir que Deus conforte seus corações, que os acompanhe nas salas frias das quimioterapias, nas máquinas das hemodiálises, nas aplicações tão desgastantes, nas horas de solidão e de desânimo, e que na sua infinita bondade lhes conceda a cura.

O Apóstolo Paulo, preso numa cela fria por causa de sua fé, deixou-nos um monumento de esperança ao escrever aos cristãos da cidade de Filipos:

“Posso todas as coisas naquele que me fortalece”. Não é um talismã de sorte, mas uma confiança inabalável no Deus que não pode falhar e nem mentir.

Confio nesse Deus que nunca me desapontou nos quase 70 anos de minha vida.

Davi nos anima com seus salmos maravilhosos, como este que destacamos:

“Ouve, ó DEUS, a minha súplica, atende a minha oração; desde os confins da terra clamo por ti, no ABATIMENTO do meu coração. Leva-me para a ROCHA que é mais alta que eu”.” Salmo 61.1-2

Há uma poesia cantada que transcrevo abaixo:

“Aflito e triste coração, Deus cuidará de ti.
Por ti opera sua mão que cuidará de ti”.
Na dor cruel, na provação, Deus cuidará de ti.
Dará socorro e salvação, pois cuidará de ti.
O que é mister te pode dar quem cuidará de ti.
Nos braços Seus te sustentar,pois cuidará de ti”.

Então, meus queridos oito amigos, vocês estão sendo levados a Deus  através das minhas  fracas orações, onde peço que Ele abra Suas mãos e derrame sobre vocês todos os recursos disponíveis em seus celeiros abençoados.

Um beijo em cada um de vocês.

Orlando Arraz Maz

Esta entrada foi publicada em ARTIGOS. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 respostas para CÂNCER ? E AGORA, DOUTOR?

  1. TON 2011 disse:

    Nesta 5ª, quando dávamos uma passada na lista de orações aqui em Vila Camargo-Curitiba, depois orando, lembrei de uma visita que fiz com o Irmâo, saudoso, precioso, Laurindo José dos Santos, bem no começo desta doença, não estou certo se foi ela, que morava em S.J.Clímaco (irmã Clara?) e que havia feito uma cirurgia para extração de um câncer, daquele tempo, assustadora (a incisão ia do pescoço até na virilha) "porque Deus permitia esta doença? Ao que Laurindo respondeu: irmãzinha vamos nos conformar com esta porque, em havendo cura pode vir uma pior – ainda não se falava em AIDS. Esta é minha lista também e ainda outros, com a mesma doença, inclusive o pai da irmã Ironi, irmão João. Grato. Abraço. Arraz,tonico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *