ANO NOVO – NOVAS FORÇAS

Corrida

Uma simples mudança no calendário nos transporta para um novo ano. É como se iniciássemos uma São Silvestre – dá-se o tiro de largada e passamos a correr. A meta é chegar ao último dia do ano. 
 
Entretanto, alguns logo são obrigados a parar: Deus os convocou; outros diminuem os passos e passam a correr lentamente: a doença os atingiu; outros se assentam à beira da pista e, desanimados, veem os outros correr.
 
O cansaço do ser humano faz parte de sua constituição. Cansamo-nos na corrida do dia a dia, das nossas crenças nos políticos, nos desapontamos de amigos que falharam, das promessas não honradas.
 
Mas há algo que deve nos animar: há um que não se cansa:
 
“Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos confins da terra, não se cansa nem se fatiga? E inescrutável o seu entendimento”.(Isaias 40:28)
 
Na nossa corrida não nos deixemos abater facilmente, pois há um que entende o nosso cansaço, e está pronto a nos socorrer. 
 
Ele dá força ao cansado, e aumenta as forças ao que não tem nenhum vigor. Isaias (40:29).
 
Portanto, sigamos o conselho que nos vem do próprio Deus, quando inspirava o autor do Livro aos Hebreus. Aos narrar a “corrida” dos heróis da fé no capítulo 11, inicia o capítulo 11 assim:
 
“Portanto, nós também, pois estamos rodeados de tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com perseverança a carreira que nos está proposta, fitando os olhos em Jesus, autor e consumador da nossa fé, o qual, pelo gozo que lhe está proposto, suportou a cruz, desprezando a ignomínia, e está assentado à direita do trono de Deus”.(vers.1,2)
 
Quando nossos queridos forem chamados e deixarem uma lacuna na corrida, quando nossos olhos forem embaçados pelas lágrimas, quando nossas forças falharem, quando nossos pés doerem, e por todas essas e muitas outras coisas que podem ocorrer durante a corrida, “olhemos para Cristo…aquele que suportou a cruz…que sabe o que é padecer”.
 
“Porque, tendo em vista o que Ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados” (Hebreus 2:18).
 
Então, com entusiasmo prossigamos  a  corrida.
 
Que assim seja
 
Orlando Arraz Maz

 

orlandoarraz

orlandoarraz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »