CABELOS BRANCOS

“Por ti tenho sido sustentado desde o ventre…tu és minha confiança desde a mocidade… agora,também, quando estou velho e de cabelos brancos, não me desampares, ó Deus, até que tenha anunciado a tua força a esta geração,e o teu poder a todos os vindouros”

(Salmo 71)

Meditar neste Salmo é algo notável. Cada versículo apresenta de forma nítida o traçado de uma vida  dirigida pela  mão de Deus que é uma realidade notada desde a fecundação do embrião no ventre,  uma confiança inabalável na mocidade e uma companhia certa na velhice.

 

Quantas vezes surgem desculpas na mocidade e lamúrias na velhice. Coisas assim: “Sou relativamente novo para estas coisas. Ou “já fiz muito e agora preciso descansar, que façam os mais novos”.

 

O salmista ensina que nossa atitude deve ser totalmente diferente.Ele se apresenta  como uma pessoa cheio de vigor, repleto de esperança, embora com  cabelos brancos.

“Mas eu esperarei continuamente e te louvarei cada vez mais” (vers.14). A vida para ele era feita de pedaços de alegria, de ânimo e de coragem. Embora conhecesse suas limitações, depositava total confiança na força do Senhor seu Deus.

 Como tenho encarado meu dia-a-dia? Envergonhado, confesso que muitas vezes  não  agi  como o salmista ensina neste salmo. O aparecimento de cabelos brancos tem sido suficiente para pensar em descanso das tarefas dadas por Deus.

Deus deseja um comportamento totalmente diferente. Ele nos alimenta  desde a infância     e nos equipa  na mocidade, para quando os cabelos brancos chegarem  possamos transmitir um cântico de esperança às novas gerações.

Que os nossos olhos estejam abertos para  contemplação e aprendizado deste salmo. Deus é uma realidade desde antes da nossa formação no ventre materno, e deseja ser o  Deus durante a mocidade, e tê-lo como companheiro inseparável na velhice.

 

O desejo do salmista na sua velhice era prestar um  trabalho anunciando a força de Deus aos seus amigos e o Seu poder às gerações futuras.

 

Não deveria ser este o nosso desejo?  Quer privilégio maior do que anunciar o poder e a força de Deus revelados na pessoa de Jesus Cristo?  “A minha língua falará da tua justiça todo o dia…os meus lábios  exultarão quando eu te cantar,assim como a minha alma que tu remiste…também eu te louvarei com o saltério, bem como a tua verdade, ó meu Deus;cantarei com a harpa, ó Santo de Israel”.

 

Ao concluir, que nossa oração seja dirigida a Deus neste sentido:  ”Muda, Senhor, o meu coração; corrija os meus pensamentos; feche os meus olhos para os meus “cabelos brancos” e abra o meu coração para o vigor da Tua força e que eu cante e conte todas as tuas maravilhas.

 

Que assim seja

Orlando Arraz Maz

orlando

orlando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »