CARTA DE DEUS A UMA IGREJA DE 40 ANOS

carta

No próximo dia 30 a Casa de Oração de Jardim Botucatu – São Paulo -, comemora seu 40º aniversário. Esta data será antecipada para os dias 23, 24 e 25 deste mês.

Desejo compartilhar com os amigos, leitores deste blog, minha alegria em fazer parte desta igreja, e externar minha gratidão a Deus porque Ele tem sido o provedor de todas as suas bênçãos,

 E porque  Ele nos mandou esta carta:

Olá, estou atento para todos vocês nesta data festiva.

Vejo alguns se esforçando na preparação de um programa que me agrada, e que traga bênçãos a muitas vidas.

Vejo outros que estão orando, pedindo-me sabedoria e direção para suas atividades, desejosos de que minha salvação seja recebida por muitas pessoas.

Sem dúvida, esse pedido muito me honra, pois através dos anos tenho levado muitas pessoas a me conhecerem neste lugar onde habito. Tenho feito grandes milagres em muitas vidas. Há os que nasceram de novo, e passaram a andar nos meus caminhos; há os que impactaram seus familiares e amigos mudando seus corações,   e vivendo uma nova vida. Há os que ensinaram a minha palavra aos seus filhos, e hoje vejo famílias abençoadas.

O meu coração se alegra, pois vejo vidas agradecidas pelas respostas às suas orações, alcançando vitórias que concedi a muitos de vocês nas enfermidades.

Vi ainda lágrimas de aflição e desespero sendo derramadas, e prontamente desci para enxuga-las, dando a cura tão almejada.

Nunca me esqueci de cada um de vocês, desde o dia que abriram o coração para eu fazer morada. Esta é uma característica minha, pois tenho a todos gravados nas palmas das minhas mãos. E como a mãe que não esquece seus filhos, assim sou eu.

Como prometi há mais de dois mil anos de que estaria com todos os meus filhos, estarei presente não só nos dias festivos dos 40 anos, mas todos os dias da vida desta igreja, tão amada por meu Filho que tanto a amou e entregou sua vida por ela.

Estarei ouvindo a súplica de todos, bem como a intercessão de muitos em favor daqueles que não estarão em seu aniversário, porque estão com as mãos sem forças e os joelhos vacilantes para me seguirem. Continuem intercedendo, pois sou o Deus das Maravilhas, Maravilhoso é o meu nome, e sei operar grandes coisas.

Não desanimem. Eis que cedo venho.

Que assim seja

Orlando Arraz Maz

orlandoarraz

orlandoarraz

5 Responses

  1. Olá Orlando

    Parabéns pelo seu artigo, é bem original, gostei muito.
    Desejo que os membros dessa igreja cresçam cada dia no conhecimento do Senhor e tragam outros para a salvação que só Cristo pode dar.
    Um abraço da irmã em Cristo,
    Hacy Senghi Soares

  2. “Até aqui nos ajudou o Senhor”. Tenho certeza de que Ele seguirá nos ajudando e fortalecendo. Um abraço digno dos 40 anos para todos meus amados irmãos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »