CASA INABALÁVEL E CORPO PERFEITO

 

morada

“Sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos, eterna nos céus”. (II Coríntios 5:1)

 Duas afirmativas se destacam neste versículo: a pessimista, expondo à nudez uma realidade que ninguém pode contestar: o corpo que se definha, deteriora e culmina com a morte – a casa terrestre e frágil-, e a otimista que aponta para um edifício cujo arquiteto é Deus.

O nosso corpo é descrito nesta passagem como uma tenda, ou na linguagem de hoje, uma barraca de camping. Como vemos, é uma expressão que indica fragilidade, algo  que se monta e desmonta com rapidez. Assim é nosso corpo cujos anos podem se estender a setenta ou oitenta, e o que passar deles é enfado, ou ainda, semelhante a um conto ligeiro ou um breve pensamento de acordo com Moisés.

Deus, na sua sabedoria e graça, sabendo que nosso corpo teria um desfecho vergonhoso, e que seria derrotado pela morte, providenciou um edifício que não sofre as implicações do tempo e que tampouco é temporário. É um edifício preparado por Deus, eterno nos céus.

“Na casa de meu Pai há muitas moradas”, foi a promessa feita por Jesus aos seus discípulos. Dentre eles, Tomé, o mais corajoso em declarar sua ignorância quanto ao caminho, desejou saber melhor os detalhes. E qual não foi sua surpresa em descobrir que o próprio Jesus era e é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Hoje, graças à coragem de Tomé conhecemos o caminho que nos leva às moradas eternas, aos edifícios reservados por Deus e preparados por Jesus a todos quantos desejarem segui-lo e crerem nele de coração.

Entretanto, há necessidade de convicção como o Apóstolo Paulo ao afirmar: “sabemos”. Mais tarde seu corpo seria desfeito na “Via Ignatia”, literalmente, segundo a tradição, decapitado. Mas ele sabia que havia um “edifício” da parte de Deus, nos céus, preparado para ele.

Você tem a mesma convicção? Faça como o sábio construtor que edificou sua casa sobre a Rocha. Quando a tempestade e as chuvas chegaram, ela permaneceu inabalável. (Mateus 7:24-27). Creia em Jesus Cristo e construa sua vida nele mesmo, a rocha inabalável. E tenha a mesma convicção de Paulo “Sei que se a minha casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, tenho da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos, eterna nos céus”.

Que assim seja

Orlando Arraz Maz

 

orlandoarraz

orlandoarraz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »