COISAS NOVAS PARA O CORAÇÃO

E aquele que estava sentado no trono disse:
Eis que faço novas todas as coisas.
E acrescentou: — Escreva, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras.
(Apocalipse 21:5)

Sem dúvida ninguém gosta de coisas velhas, mas de novas. Os adultos, uma casa, um carro, uma roupa; já crianças, um brinquedo, e por que não tantas outras coisas, não é verdade? Entretanto, de posse de coisas novas ficamos alegres, eufóricos, tanto adultos como crianças, e estas, muito mais.

Um dia este mundo criado por Deus era bonito e novo. Tudo o que Deus fez era perfeito. As estações chegavam nas épocas próprias, as flores embelezavam os jardins, e Deus, qual excelente jardineiro, cuidava de tudo, fornecendo o orvalho para que não morressem. O casal que nele habitava nada precisava fazer, apenas e tão somente desfrutar de tanta beleza e fartura produzidas naquele imenso jardim.

De repente, Deus se afastou daquele ambiente exuberante, pois o pecado entrou no coração de Adão e Eva, e tudo se tornou velho e feio. O mato cresceu, as árvores e os campos precisavam ser cultivados e o homem devia trabalhar duro para comer. Por sua vez, os animais foram atingidos e a violência passou a tomar conta dos corações, ocorrendo mortes e muitas lágrimas.

Passados muitos anos nada mudou, pois os efeitos do pecado permanecem iguais. Quanto aos homens nas palavras do apóstolo Paulo, notem o que escreveu: “Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram” (Romanos 5:12). Quanto aos animais na mesma carta, escreve: “Porque todos sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora” (Romanos 8:22).

Entretanto, surge o amor de Deus como uma luz que ilumina o caminho envolvido em trevas, apontando para um futuro totalmente diferente. A morte de Jesus na cruz marcou uma nova fase no coração do ser humano, pois para todos os que creem na sua morte expiatória, e confessam-no como Senhor e Salvador podem desfrutar uma promessa gloriosa: “Eis que faço novas todas as coisas”.

Tais palavras foram reveladas ao apóstolo João exilado na ilha de Patmos. Devemos dar crédito a elas, pois quem as revelou está sentado no trono, e suas palavras são fiéis e verdadeiras. O apóstolo Pedro também nos revela outra promessa quando escreve sua segunda carta: “Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça” (II Pedro 3:13).

Talvez muitos pensem: “Quem sabe este mundo melhore”. Esta afirmativa vai de encontro à palavra de Deus, pois na carta que Paulo escreveu a Timóteo, diz o contrário: “Mas os homens maus e enganadores (toda a humanidade) irão de mal para pior, enganando e sendo enganados” (II Tim. 3:13).

Então, há esperança para os que creem em desfrutar coisas novas. As que nos vem nesta vida são inúmeras, como o perdão dos pecados, a paz no coração e a certeza da vida eterna. No futuro, a habitação com Cristo em uma nova terra, onde estaremos para sempre com o Senhor. “Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor” (I Tes.4:17)

Assim, esta meditação deseja levá-lo a crer nas coisas novas preparadas por Deus, e sem dúvida a alegria permanecerá em seu coração, conforme afirma o Senhor Jesus: Tenho lhes dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa”. (João 15:11)

Que assim seja

Orlando Arraz Maz©

Orlando Arraz Maz

Orlando Arraz Maz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »

O MILAGRE DA OBEDIÊNCIA

“Tendo acabado de falar, disse a Simão: “Vá para onde as águas são mais fundas”, e a todos: “Lancem as redes para a pesca”. Simão

Leia mais »

UMA NOVA VISÃO

Lançando sua capa para o lado, de um salto, pôs-se de pé e dirigiu-se a Jesus” (Marcos 10:50)   Quando Jesus deixava a cidade de

Leia mais »