CONVITE IRRECUSÁVEL

                      Pescadores

 Andando à beira do mar da Galileia, Jesus viu Simão e seu irmão André lançando redes ao mar, pois eram pescadores. E disse Jesus: “Sigam-me, e eu os farei pescadores de homens”. No mesmo instante eles deixaram as suas redes e o seguiram. Indo um pouco mais adiante, viu num barco Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, preparando as suas redes. (Marcos 1:16-19 NVI)

Andar à beira mar, sem dúvida, para Cristo não seria apenas um passeio matinal como muitos fazem. As praias são lugares preferidos, entre muitas coisas, para admirar a natureza, como o nascer e o por do sol, o céu azul sem nuvens, e ainda o lugar onde muitos praticam exercícios.
Jesus muitas vezes andou pelas praias do mar da Galileia, mas seu objetivo sempre foi procurar fazer a vontade de seu Pai.

Nesta ocasião seu olhar pousou sobre dois homens, e logo pensou nos discípulos que fariam parte de seu ministério: André e Simão, pescadores, que trabalhavam arduamente lançando suas redes ao mar. E logo os chamou para que o seguissem, e se tornassem pescadores de homens. Caminhando mais um pouco, chamou mais dois irmãos, também pescadores: Tiago e João, e fez o mesmo convite.

Hoje o Senhor Jesus não está entre nós fisicamente, portanto, não vamos vê-lo andando por uma praia, mas está vivo nos céus para onde subiu há mais de dois mil anos. Enquanto Ele não volta, a praia que Ele escolheu é o nosso coração, onde em espírito caminha fazendo este convite:

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.(Mateus 11:28-30)

O que precisamos fazer é atender ao seu convite com a mesma prontidão daqueles quatro primeiros discípulos, deixando as muitas redes que nos atrapalham, e que a cada dia mais nos embaraçam. Quando nos rendemos ao seu convite e o seguimos de coração, encontramos alivio e descanso para nossas vidas. A partir daquele dia esses discípulos experimentaram e desfrutaram uma nova vida, o que sem duvida pode ocorrer com aqueles que se lançarem em seus braços: “Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora”.(João 6:37)

Desça com toda pressa do barco agitado de sua vida, e atenda ao chamado de Jesus.

Que assim seja

Orlando Arraz Maz©

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Orlando Arraz Maz

Orlando Arraz Maz

One Response

  1. Grande verdade,agradeco a Deus por alcançar meu coração e transformar mi há vida de pescador de peixes para pescador de almas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »