meditaçoes bc

DEPOIS DAS ELEIÇÕES…DEUS AINDA FALA…

DEPOIS DAS ELEIÇÕES

 

No dia seguinte às eleições, bem cedo me deparei com minha leitura bíblica:
“Lembre a todos que se sujeitem aos governantes e às autoridades, sejam obedientes, estejam sempre prontos a fazer tudo o que é bom, não caluniem ninguém, sejam pacíficos, amáveis e mostrem sempre verdadeira mansidão para com todos os homens”.

Para mim o recado de Deus veio imediatamente: “Pare de criticar. Agora você deve mudar seu comportamento”.
 

Mas o texto lido me transportou para os tempos do escritor sagrado, o apóstolo Paulo.

Antes de seu encontro com Jesus Cristo na estrada de Damasco era um agitador judeu, extremamente zeloso de tudo que aprendeu em sua infância e mais tarde aos pés de seu mestre, Gamaliel.
Talvez se não fosse a majestosa revelação de Jesus naquela estrada, seria não só um ferrenho religioso, mas um agitador político. Um inimigo do império romano que naqueles tempos dominava o mundo.
Mas não.
A visão de Cristo glorificado mudou radicalmente o seu caráter.Mergulhou fundo no seu coração. Agora era um cristão, um seguidor de Cristo. Um perseguidor que se torna perseguido. O apóstolo das gentes.

E através de suas magníficas cartas, ele ensina o dever do verdadeiro cristão:

Aos crentes de Roma ensina que se “sujeitem às autoridades”; a Timoteo, seu filho na fé, “que se façam intercessões e ações de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade…” (e aí temos Nero)!.
E nessa linha também desponta o apóstolo Pedro: “Por causa do Senhor, sujeitem-se a toda autoridade”.

Segundo a tradição, Paulo foi decapitado e Pedro martirizado, ambos por autoridades romanas.
Mas não.
A transformação operada nas suas vidas pelos ensinos de Cristo – Paulo por revelação e Pedro por experiência pessoal, real, lado a lado do Senhor Jesus –, foi suficiente para os tornarem intercessores dos seus algozes.
 

Mediante tais pensamentos, agradeci a Deus as lições oportunas, e logo as coloquei em prática, orando a Deus em favor de nossa Presidente.

Tais escritores sagrados poderiam usar sua influência entre os primeiros cristãos para atacar as autoridades, pois eram vítimas das mesmas.

orlando

orlando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

O VERDADEIRO NATAL

 “ela dará à luz um filho, a quem chamarás JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados”. (Mateus 1:21). Falar ou escrever sobre

Leia mais »

ESPERANÇA INABALÁVEL

Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração. Romanos 12:12 Durante a guerra civil americana, num determinado dia houve um momento de trégua,

Leia mais »

AFLIÇÕES QUE PASSAM

 “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser

Leia mais »

SONO DE CRIANÇA

Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim. Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para

Leia mais »

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »