FIGUEIRAS SEM FRUTOS

figueira
 
 
 
 
E avistando de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se,
porventura, acharia nela alguma coisa; e chegando a ela,
nada achou senão folhas, porque não era tempo de figos.
E Jesus, falando, disse à figueira:
Nunca mais coma alguém fruto de ti. E seus discípulos ouviram isso.
Ao cair da tarde, saíam da cidade.
Quando passavam na manhã seguinte,
viram que a figueira tinha secado desde as raízes.
(Ev.Marcos 11:13,14,19,20)

 

 

Muitos têm criticado a atitude de Jesus em amaldiçoar a figueira porque nela não achara figos. O texto é bastante claro: não era tempo de figos.

Sem dúvida é muita ousadia censurar a atitude de Jesus, pois como Deus entre os homens sabia perfeitamente o que fazia.

Este é o único milagre que Jesus amaldiçoou em vez abençoar, destruir em vez de restaurar. Como criador que é tem este direito soberano para nos ensinar lições espirituais. Assim como salva os pecadores que o recebem como Salvador e Senhor, condena à perdição eterna os que o rejeitam.

O problema da figueira eram suas folhas, uma visão bonita, uma árvore frondosa, onde Jesus contemplou o povo de Israel, coberto de folhas, porém sem frutos, mergulhados na maior incredulidade e desprezo de sua pessoa.

A figueira frondosa também nos fala de uma vida estéril, um cristianismo falso, uma profissão de fé totalmente vazia. Nos aponta para aqueles que demonstram uma espiritualidade quando estão dentro das igrejas, entre os companheiros de fé, e nestes últimos tempos pelas redes sociais, expressando amor pela família, pelos amigos, cuidados com os enfermos e atenciosos aos que pedem orações. São verdadeiras figueiras cobertas das mais lindas folhagens, onde se escondem.

E por falar em folhas, temos o lamentável artificio usado por Adão e Eva no distante jardim. Após pecarem contra Deus descobriram que estavam nus, e coseram folhas de figueira para se cobrirem. (Gênesis 3:7) Para eles tudo estava em perfeita ordem até que Deus providenciou vestes verdadeiras.

Ainda é tempo de trocar as folhas por frutos que Deus e todos os que nos conhecem e convivem conosco desejam saborear. Basta deixarmos que o Espírito Santo com urgência venha adubar nossas vidas, e nos transformar em verdadeiras figueiras produzindo frutos em todas as estações.

Que assim seja

©Orlando Arraz Maz

Orlando Arraz Maz

Orlando Arraz Maz

2 Responses

  1. O missionário RR Soares, em seu livro Como receber sua bênção, faz alusão a figueira como um ensino de Jesus sobre o uso da fé. Ele diz que a fé não remove montanhas. O texto fala da observação da figueira ter secado. O senhor ensinou que se tivermos fé em Deus e não duvidar em nosso coração podemos falar a montanha que se lance ao mar e assim será feito. Diz o missionário, Jesus já conquistou tudo para nós e pedir nesse caso deve ser substituído por determinar. Diz ainda que pelo original grego a palavra usada no versículo deveria ser “tudo que determinar no coração”, assim será feito. O missiona-rio disse ainda, se um pai se senta com seus filhos diante da mesa posta, não deve pedir e sim se servir. Do contrário o pai ficaria triste, se seu filho ficasse pedindo o alimento já colocado sobre a mesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »