GUIAR-TE-EI COM OS MEUS OLHOS

Instruir-te-ei e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos”
Salmo 32:8 “

Como o olhar exerce grande influência em diversos aspectos da nossa vida. Na infância, pelo menos na minha, o olhar de minha mãe comandava todas as situações: nas visitas, em casas de amigos, seu olhar controlava meu apetite, e nas reuniões da igreja seu olhar me mantinha calado. Qualquer descuido o beliscão entrava em ação.

E na juventude, quando o coração começava a ditar suas regras, o olhar apaixonado era a senha ideal. Que fascínio tem os olhos!

O Salmista nos apresenta alguém com desejo de nos instruir e ensinar o caminho. E isto Ele faz com os olhos.

Pelo fato de não conhecermos o caminho, Ele se apresenta como o instrutor por excelência. Não um guia turístico como aqueles que trabalham em grupos de excursões, que conhecem todos os pontos turísticos. Não. O conhecimento de Deus vai muito além da nossa capacidade, pois Ele conhece o melhor caminho e não os atalhos, conhece as armadilhas e as trilhas tortuosas. Caminhos que não conhecemos, que facilmente nos levariam para longe Dele, e que nos trariam decepções e lágrimas.

Ele quer nos instruir e guiar com os olhos.
Mas como isto acontece? Será possível?
Primeiramente devo estabelecer uma regra: para eu ser conduzido preciso olhar nos Seus olhos. Devo colocar neles toda a minha atenção, pois aí está a razão do meu sucesso. É olhando pela fé para os olhos de Deus que vou andando pelo caminho melhor, sem quedas ou derrotas, tristezas ou decepções. Qualquer distração será fatal.

Há outro Salmo, (123:2), onde o salmista apresenta o olhar do servo concentrado nas mãos do seu senhor. Ele espera o melhor, a mais rica bênção.

Como preciso, mais do que nunca, nestes tempos difíceis, concentrar-me nos olhos do meu Deus.

Meditando em Sua Palavra vejo os seus olhos, ora me corrigindo, ora me trazendo ao reto caminho, e sempre desejoso de levar-me com segurança obtendo plena vitória.

O que tenho feito para ter perdido a direção do seu olhar? Vergonha por ter trilhado o caminho de pecado, medo, remorso, ingratidão?
Hoje é tempo de levantar a cabeça, olhar bem no fundo dos seus olhos e, como criança dependente, segurar sua mão e deixar que Ele me leve pelo melhor caminho.

Que o olhar de Deus fale e dirija o meu coração, como o olhar de Jesus naquela madrugada fria e triste  falou ao coração de Pedro.

Orlando Arraz Maz



orlando

orlando

Uma resposta

  1. Lembrei! Na manhã (19) tinha acabado de ler um artigo na página da Globo onde o repórter mencionava esta prática dos pais há tempos atrás. Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »