JESUS CHOROU

 

images

Quantas vezes o nosso coração fica pequenino diante de tanta tristeza. Como a folha levada pelo vento   de um lado para o outro, assim são os nossos pensamentos. Daí nossa fragilidade.

 Basta um encontro com a dor, a doença, a morte, e nos sentimos tão desgastados, medrosos, assustados.

 Foi assim que se deu no lar de Betânia. A doença chegou e Lázaro morreu. Muitas vezes Jesus foi hospedado por esta pequena família, mas naquele dia estava ausente, bem distante.

 As duas irmãs agora lamentavam, e com os corações em pedaços vertiam suas lágrimas. E quantos pensamentos não povoaram suas mentes.

 Entretanto, alguém levou a mensagem da enfermidade de Lázaro a Jesus. Diante da notícia, Jesus permaneceu naquela cidade mais dois dias, e Lázaro morreu.

 Nada sabemos do que se passou na mente do informante. Quem sabe  raciocinou: “mas ele está demorando demais”, ou “por que não deixou tudo e saiu às pressas para socorrer o amigo tão querido”? Se assim foi, não sei. Mas eu teria pensado assim.

 E depois de dois dias a notícia da morte de Lázaro aos seus discípulos partiu de Jesus em primeira mão, sem que ninguém o tivesse avisado.

 “Lázaro, o nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo do sono”.

 Ao aproximar-se da pequena cidade de Betânia, Marta saiu ao seu encontro, e mergulhada em sua tristeza reclamou da presença de Jesus antes da morte de seu irmão. Foi sincera na presença de Cristo, e recebeu dele a resposta que tem ficado gravada nas Sagradas Escrituras e que tem confortado milhões e milhões através dos anos:

 “Declarou-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo aquele que vive, e crê em mim, jamais morrerá. Crês isto? Respondeu-lhe Marta: Sim, Senhor, eu creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo.”

 Maria permaneceu sentada em sua casa, até chegar sua irmã Marta com a boa notícia que Jesus queria vê-la: “O Mestre está aí e te chama”.  Saiu em disparada, e ao chegar lançou-se aos pés de Jesus derramando suas lágrimas. Este era seu lugar predileto.

 E Jesus comovido, chorou também. E logo em seguida trouxe de volta à vida seu amigo Lázaro. E a alegria voltou a reinar naquele lar.

 Sejamos sinceros na presença de Jesus em nossas orações, contando-lhe nossas tristezas, apreensões, temores, como Marta, e adoradores como Maria. Guardemos em nossos corações a certeza de que Ele sempre está presente em todas as circunstâncias, e conhece todos os seus pormenores.

 As duas irmãs foram surpreendidas pelo majestoso milagre, e alguns dias depois Maria expressa toda a sua gratidão derramando um bálsamo de nardo puro, de “grande preço”, nos pés de Jesus como narra o evangelista João.

 Jesus quer que tenhamos os olhos da fé abertos, pois somente assim seremos capazes de “ver a glória de Deus”. “Sem fé é impossível agradar a Deus”.

 Que as tristezas, as tragédias, as doenças terminais, a perda de familiares e amigos e tantas outras adversidades, não fechem os nossos olhos, nem apaguem a pequenina chama de fé em nosso coração, pois no meio de todo esse caos podemos “ver a glória de Deus”.

 Que assim seja

 Orlando Arraz Maz

orlandoarraz

orlandoarraz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »