MEDITAÇÕES NO LIVRO DE RUTE – CORAGEM PARA VOLTAR (4)

                                                                       
A viagem para Belém iniciou-se fundada na decisão de duas mulheres – Noemi e Rute. Aquela, amparada na fé de seus antepassados, esta no desejo firme de seguir o Deus de sua sogra.
O versículo 19 deste capítulo nos apresenta o desfecho de tal decisão: “então ambas se foram”. Deixaram Moabe e as lembranças de tantas mágoas, e juntas partiram para Belém – a terra de Noemi, a nova terra de Rute. Para Noemi, antigas lembranças seriam restauradas, para Rute novas amizades, sonhos e ideais.
E essas duas mulheres, com idades diferentes, estavam unidas à procura de Belém na esperança de encontrar segurança e paz, conforto e consolo, descanso e fartura, e unidas nesse ideal, partiram.
Pensemos no regresso de Noemi. Quão difícil para ela seria o caminho de volta. Dez anos antes saiu alegre e agora volta tão triste; dez anos antes sua família era composta de quatro pessoas,e agora reduzida somente a duas, ela e sua nora; dez anos antes partiu de Belém para fugir da fome e da pobreza, agora volta novamente,mais pobre do que antes! Mesmo assim, envelhecida pelos anos de sofrimento e pelos reveses da vida, quer voltar para Belém, sua terra, o povo de seu Deus.
O caminho da volta é sempre difícil. Um verdadeiro desafio de preconceitos, de barreiras e do próprio orgulho ferido, se faz mister vencer! Assim foi com o filho pródigo.  Vencido o seu orgu­lho (já quebrado antes de apascentar porcos), tão fácil se tornou o caminho de volta à casa paterna.Não terá sido assim com Noemi? Quebrado o seu orgu­lho pela mão do Senhor Deus na morte de seu marido e de seus dois filhos, bem fácil se tornou o caminho de volta.
O filho pródigo encontrou um pai cu­jo coração transbordava de amor. Noemi encontrou e confiou num Deus fiel, o mesmo de seus antepassados, num Deus pronto para oferecer o melhor e restaurar a alegria perdida. E devido à sua submissão e confi­ança, foi honrada pelo Senhor que cumpriu o seu pla­no de enviar o Salvador ao mundo, através de sua nora, RUTE.
Realmente Deus é maravilhoso. Lendo sua Palavra encontramos em cada página um amor verdadeiro, sempre buscando e salvando. O homem o deixa para seguir seus projetos, mas ele vai ao seu encontro como fiel pastor que busca sua ovelha teimosa. E Noemi descansava nesse Deus.
Ao chegar à Belém antigas amizades mal a reconheceram: – “Não é esta Noemi? teria mudado tanto? encanecido seus cabelos? um olhar dis­tante e triste?” Por certo, estava bem mudada! Fa­cilmente poderia ficar no anonimato, retirada de tu­do e de todos, esconder sua triste história, mas assim não fez. Sem qualquer subterfúgio e com toda a humildade, disse-lhes que se tratava dela mesma, era Noemi, mas que poderiam chamá-la de “MARA”, pois  era tanta a amargura de seu coração.
 
“Coração compungido e contrito não desprezarás, ó Deus”, assim se expressara o salmista. E quanta verdade!
O caminho da volta é difícil, mas deverá ser feito resolutamente com muita humildade e contrição. Somente assim o Senhor abençoará aqueles que um dia partiram, mas que, mesmo em meio a tantos percalços, não se esqueceram do caminho e volta­ram confiantes no Senhor Deus.
Ainda há aqueles que se encontram distan­tes, sem coragem, cheios de orgulho, entretanto é necessário que, uma vez quebrados pelo Senhor, sem subterfúgios, façam o caminho de volta e aguardem, dos céus, as bênçãos do Senhor, como as que receberam Noemi, em companhia de sua nora Rute.
Que assim seja
Orlando Arraz Maz
orlando

orlando

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »