MOÍDO,MORTO E TRANSPASSADO – VIVO NOS CÉUS

Sepulcro vazio“Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniquidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados” (Isaias 53:5 – NVI)

                                                                 
 
 
                                                              Senhor, quão admirável
 
                                            Senhor, quão admirável é Teu divino amor,
                                            Eterno e perdurável motivo de louvor!
                                           Amando-nos, baixaste para este mundo aqui,
                                          Querendo assim remir-nos e nos chamar a Ti.
 
                                          Por nos amar, provaste a nossa condição;
                                         Por nos amar, levaste a nossa punição.
                                         Sofreste o desamparo, a ira e o amargor
                                         Devidos ao pecado, ó grande Sofredor.
 
                                       Por nos amar, Tu deste a vida sobre a cruz;
                                       Qual nosso Substituto morreste Tu, Jesus!
                                       Por isso Te cercamos com grata adoração;
                                      Sim, ante Ti prostramos corpo, alma e coração.
                                                            (HC 565)
 

Com riquezas de detalhes posso descrever a morte de um ente querido, ou de um amigo, que por certo deixaram marcas em minha vida. Por longos anos a cena não se apaga, e ao aflorar à mente me entristece.

Pensar na morte de Jesus ao ler o relato dos Evangelhos, de forma tão magnifica descrita em seus detalhes, que tipo de lembranças traz à mente e descem ao meu coração? Elas me entristecem pela agressividade dos seus executores, ou porque Jesus sofreu sendo inocente? Sem dúvida fico triste pelo sofrimento tão atroz causado pela morte de cruz, mas o fato de ter morrido em meu lugar me deixa marcas no coração, e os detalhes desta morte tão horrível me levam a amá-lo cada vez mais.

Não preciso ter um dia marcado no calendário, como o dia de finados, para lembrar os queridos que partiram, pois estão presentes em meu coração todos os dias. Muito menos um dia determinado para lembrar a morte de Jesus. Todos os dias essa morte deve falar ao meu coração, pois tem um significado diferente e sua lembrança deve ser uma constante em minha vida.

Ele morreu na sexta-feira mais sombria da história e ressuscitou na manhã do domingo mais resplandecente. Não preciso mais lamentar a sua morte, mas antes chorar pelos meus pecados que o levaram a ser pregado naquela cruz, e confessá-lo como meu Senhor e Salvador.

Esta sexta-feira deve ser um dia, não de tristeza, mas de lembranças que me levem a amá-lo mais, com a certeza que Ele morreu por mim. Que ressuscitou ao terceiro dia para me apresentar ao Pai, como um filho ganho por sua morte de cruz.

A Ele Glória

©Orlando Arraz Maz

Orlando Arraz Maz

Orlando Arraz Maz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »