MULHER VIRTUOSA

Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.

O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo.

Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.

Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos.

Como o navio mercante, ela traz de longe o seu pão.

Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas.

Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos.

Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços.

Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite.

Estende as suas mãos ao fuso, e suas mãos pegam na roca.

Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado.

Não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata.

Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é de seda e de púrpura.

Seu marido é conhecido nas portas, e assenta-se entre os anciãos da terra.

Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores.

A força e a honra são seu vestido, e se alegrará com o dia futuro.

Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.

Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça.

Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva.

Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente!

Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada.

Dai-lhe do fruto das suas mãos, e deixe o seu próprio trabalho louvá-la nas portas.
Muito se tem escrito ao longo dos anos sobre mães.
Verdadeiras jóias têm produzido escritores, poetas, filósofos, cada um descrevendo o caráter da mãe.
Dentre eles, lembro-me agora de Gonçalves Dias exaltando a mãe na distante terra do exílio:
“Da pátria formosa distante e saudoso, chorando e gemendo meus cantos de dor, eu guardo no peito a imagem querida, do mais verdadeiro, do mais santo amor: minha mãe”.

Entretanto, a maior de todas as homenagens escritas a uma mãe se encontra no Livro de Provérbios. Entre todas, nenhuma delas sobrepuja a descrita no Livro de Deus.

Provavelmente trata-se da mãe de um príncipe, que deseja uma conduta exemplar ao filho na direção de seu governo. Deve ser um homem sensível à justiça e atento às classes menos favorecidas. São conselhos sábios de uma mãe cujo caráter é enobrecido e exaltado pelo sábio Salomão.

A mulher virtuosa que existiu nos tempos que se foram, tem surgido aqui e acolá, e é conhecida de todos nós.
Ela tem a mesma história, as mesmas lutas, a mesma disposição e o mesmo caráter. Luta pela família, é a primeira que levanta e a última que se deita; sofre por si e pelos filhos. E nas derrotas não se dá por vencida.

Essa mulher virtuosa é a mãe por excelência. Não aquelas que jogam seus filhos nos lagos e nas caçambas, mas que os acolhem mesmo em face da miséria e da pobreza.

Quero homenagear a mulher virtuosa não somente no mês de maio de cada ano, mas em cada dia de 24 horas durante o ano.

“Mulher virtuosa, quem a achará?” Por certo, eu já a achei. É a minha mulher e mãe virtuosa de meus filhos. E o seu valor tem excedido ao valor dos rubis.
Leitura no livro de Provérbios cap. 31
Orlando Arraz Maz

orlando

orlando

One Response

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »