Histórias bíblicas da minha infância

images

Lembro-me de muitas histórias bíblicas dos meus dias de criança. Apesar de envelhecermos, elas nunca envelhecem. São como pedras preciosas que refletem suas cores sob a luz do sol, mostrando suas nuances maravilhosas. E como está escrito na própria Palavra de Deus, elas se renovam a cada manhã. Portanto, não há histórias envelhecidas, mas, sim, eternamente jovens.

Na história contada por Jesus referindo-se a si próprio como o “Bom Pastor”, aprendi em criança como ele cuida da ovelha e quando ferida a carrega em seus ombros. E o quadro colocado bem à minha frente, sob meu atento olhar de criança, vê o pastor carregando a pequena ovelha com seus olhos semifechados. E pergunto à professora: “por que ela é carregada?” “Porque caiu num buraco profundo, quebrou uma das patas, e não pode andar”, responde.

Os anos se passaram e o Bom Pastor continua a carregar a indefesa ovelha caída, com as pernas quebradas. A lição permanece fresquinha como a verdura colhida há pouco tempo da horta.

“Que homem dentre vós, tendo cem ovelhas, e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove, e não vai após a perdida até que venha a achá-la?
E achando-a, a põe sobre os seus ombros, gostoso.”  Lucas 15:4-5

“Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.”  João 10:11

Nos meus tempos de criança ficava a imaginar no sofrimento da ovelha. Hoje descubro que a ovelha é o ser humano que sofre as consequências do seu pecado. Desviou-se do caminho, caiu num profundo abismo, e só a compaixão do Pastor para suportá-la em seus ombros.

Descubro, também, que a ovelha não tem vontade própria, é irracional, nada entende.

Mas o ser humano, este sim, entende que está caído, e precisa ser socorrido pelo Bom Pastor. Pena que ele recusa, insiste em permanecer caído, e foge dos braços fortes do Bom Pastor.

O Bom Pastor deu a sua vida na cruz e está apto para salvar e proteger a ovelha ferida em seu pecado. Só depende dela. De mais ninguém.

Que assim seja.

Orlando Arraz Maz

orlandoarraz

orlandoarraz

2 respostas

  1. Pelo momento que estamos passando, fui levada a pensar na condição da ovelha que não está perdida, mas que faz parte do rebanho desse Amável Pastor Jesus. E muitas vezes como ovelhas, carecemos do cuidado, do amparo, do afago do nosso Pastor que está sempre pronto a CUIDAR de nós!

  2. Que verdade preciosa. Como é bom saber que o tempo passou para muitos de nós mas o SENHOR continua o mesmo. De eternidade a eternidade tú és DEUS! Glorias ao SEU nome!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »