O CASAMENTO – 12 –

               Com esta publicação encerramos as meditações no precioso livro de Rute. Restam-nos apreciar es­tes últimos versículos, os quais nos apontam para a grande vitória de Noemi e Rute. Temos, ao longodessas publicações acompanhado a trajetória dessas mu­lheres e de maneira especial a de Rute, desde sua saída de Moabe, a renúncia à sua terra, aos seus deuses, às tradições e, a nova crença no Deus de Noemi, seu apego à Belém, culminando com seu casa­mento !
O livro de Rute é comparado a um palco, onde vai se desenrolar uma cena importante. Abrem–se suas cortinas, e o que se vêé um quadro cheio de dor – três mulheres cobertas pelo luto e a sau­dade daqueles que partiram – Elimeleque, Malom e Quiliom. Sentem os efeitos da morte e pagam um alto preço. Entretanto, no final do livro, a última cena é de alegria e esperança, onde se descortinaum casamento feliz e, logo depois, o nascimento de um menino, que passa a chamar-se Obede. E desta forma, Rute entra na linhagem direta do Senhor Jesus ( Mt 1.5).
O livro de Rute inicia mostrando a morte e seus efeitos e termina mostrando a vida exuberante e alegre. De certa forma, é como a Bíblia, onde no Gênesis descobrimos a morte espiritual de nossos primeiros pais, banidos do jardim e proibidos de alcançarem a árvore da vida, um quadro muito triste! Mas, no Apocalipse, o último livro, encontramos a nova vida dentro dos novos céus e nova terra, o acesso à arvore da vida, e a ale­gria bendita e eterna!
Assim, o livro de Rute se aplica às nossas vidas, o qual nos mostra nossa morte e miséria espirituais, dor e sofrimento, quando andávamos segundo o curso deste mundo (Efésios 2). E nossa trajetória de dor foi até encontrar com Jesus, quando tudo mudou. Fomos achados por nosso Amado Boaz, o Salvador Jesus, e agora podemos antever um final bem feliz, sem lágrimas (Ap 21.4), e com uma viva esperança de participarmos das bodas do Cordeiro, onde estaremos para sempre com o Senhor!
 
Como foi com Rute tem sido com cada filho de Deus. Fomos alcançados por sua misericórdia e graça, entramos para a família dos céus, e somos co-herdeiros com Jesus! A nova vida nasceu entre as cinzas,nasceu da morte e hoje gozamos vida abundante e somos ricos!
                  “Perdido no mundo eu andava, pelas sendas do mal a vagar, quando Cristo, o Pastor encontrou-me, e hoje estou a caminho do lar.”(HC 439)
           Por último, resta-nos um viver santo,pois estamos caminhando para um lar santo (I Pedro  1.16).Viver esperando, confiando e servindo, como Rute, mesmo entre os campos de Boaz, onde muitas vezes tinha suas mãos feridas ao colher espigas.
           Assim, devemos viver neste mundo escuro e tenebroso, mergulhado nas sombras do pecado, muitasvezes feridos e magoados, mas mesmo assim, espe­rando, confiando e servindo. Talvez nos custe bastante, mas é o preço. A recompensa está logo ali, segura nas mãos daquele que é Deus Forte, Maravi­lhoso, Conselheiro, Pai da Eternidade e Príncipeda Paz.
Orlando Arraz Maz
orlando

orlando

Uma resposta

  1. Valeu e muito. Deus, nosso Sábio de Deus, continue te orientando para escrever comentários edificantes, como estes, do Livro de Rute, e tantos outros. Grato. Abraço. Arraz,tonico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »