O CEGO BARTIMEU

 

Junto à curva do caminho, triste, sentado,
Esmola Bartimeu, tão sozinho, tão só,
Esperando ganhar o óbolo desejado
Dos que caminham pela velha Jericó.

Mas eis que surge um falatório inusitado,
E em suas narinas sente o levantar do pó,
E descobre através do ouvido refinado
O som de vozes, passos; não está mais só.

E escuta sem demora e descobre sem custo
Que pela estrada passa enorme multidão,
Que é Jesus Nazareno, o poderoso e justo
Que a todos leva sua mais doce compaixão.

E começa a clamar: Jesus eu quero ver,
Ó Filho de Davi tem compaixão de mim,
Ò dá-me outra visão e faça o teu querer,
E livra-me Jesus dessas trevas sem fim.

E Jesus vendo o cego ordena sem demora,
Trazeio-o junto a mim, pois clama sem parar.
“Que queres que eu te faça?” E o cego, então implora:
“Que eu tenha nova vista e a todos possa olhar.

E vendo Jesus a fé do cego confiante,
Fé que dentro de sua alma imediatamente aflora,
Exclama: “A tua fé te salvou”. E, radiante,
Vendo a Jesus passa a segui-lo estrada fora.

Evangelho de Lucas cap. 18:35-43

3/8/1986

orlandoarraz

orlandoarraz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »