meditaçoes bc

O CRISTÃO NAS PASSEATAS

passeata

As passeatas e os protestos têm ocupado diversos setores de nossa sociedade, e entrado em nossas casas pela TV, internet, e outros meios de comunicação. Com elas veem cenas chocantes de depredações causadas por vândalos, resultando em  pessoas feridas e mortas. Um cenário de verdadeiro horror.

A participação em tais passeatas por parte de cristãos evangélicos, como pode ser encarada à luz da Palavra de Deus, a Bíblia sagrada? Seu envolvimento mesmo de forma pacífica tem respaldo nas instruções deixadas por Deus em sua Palavra?

Antes de tudo é bom salientar que a Bíblia foi escrita por homens escolhidos por Deus, sem que deixassem de lado suas características. Deus usou suas habilidades, intelectos e conhecimentos, e conduziu-os a escreverem suas palavras. Daí ser a Bíblia um livro inerrante.

Assim, o Novo Testamento traz instruções específicas para a cristandade, e de forma cristalina para a igreja militante. É composto de  27 livros dos quais 13 foram escritos pelo apóstolo Paulo.  Abarcam um período bastante tumultuado que vai dos anos 48 a 68 aproximadamente, com imperadores maldosos e sanguinários, a exemplo de Nero, que não mediram esforços para apagar as marcas deixadas pelo cristianismo.

E o apóstolo deixa claro em suas cartas, o clima de terror vivido pelos cristãos dos primeiros anos. Ele mesmo vítima de martírio, assim como o apóstolo João.

O escritor da carta aos Hebreus, escrita entre os anos de 68 a 70 d.C., cuja autoria se desconhece, cita pessoas presas cujos bens foram espoliados e  que por esta razão sentiam gozo, certas que tinham em vista uma “possessão melhor e permanente”.

As instruções deixadas por Deus e ditadas pelo Espírito Santo, que levaram tais homens a escrevê-las, tomam a direção que aponta para a intercessão em favor destes terríveis governantes:

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens, pelos reis, e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e sossegada, em toda a piedade e honestidade. Pois isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade”.

O texto exarado acima é mandamento de Deus e não do apóstolo Paulo. Deus quer que levemos as autoridades em oração, a fim de que Ele possa agir. Creio que se fosse escrito pela vontade do apóstolo, jamais o faria. Tais palavras foram escritas em obediência ao Espírito de Deus.

A finalidade da oração em favor dos governantes é para que Deus nos proporcione  uma “vida tranquila e sossegada”.

Então, a passeata ou o protesto, além de ser um ato de desobediência a Deus, exclui seu poder em agir. As autoridades se sentem acuadas, e por medo mudam seus decretos, e Deus não pode falar aos seus corações. Daí continuam vivendo sem o temor a Deus.

“O sábio Salomão ao escrever seus provérbios, deixa claro o poder de Deus: “Como corrente de águas é o coração do rei na mão do Senhor; ele o inclina para onde quer”.

Tenho plena certeza que o clamor dos verdadeiros filhos de Deus supera passeatas e protestos, e com certeza move o coração dos governantes.

“Eu sou Deus; também de hoje em diante, eu o sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; operando eu, quem impedirá?”

 Que assim seja.

 Orlando Arraz Maz

 Textos citados:

Hebreus 10:34;I Tim.2:1,2;Isaias 43:13;Prov. 21:1

 

 

 

 

 

orlandoarraz

orlandoarraz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

FELIZ DIA DAS MÃES

Hoje é um dia bastante especial, portanto, diferente de todos os outros. Esse dia foi instituído para homenagear nossa mãe, e devolver-lhe um pouco do

Leia mais »

O VERDADEIRO NATAL

 “ela dará à luz um filho, a quem chamarás JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados”. (Mateus 1:21). Falar ou escrever sobre

Leia mais »

ESPERANÇA INABALÁVEL

Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração. Romanos 12:12 Durante a guerra civil americana, num determinado dia houve um momento de trégua,

Leia mais »

AFLIÇÕES QUE PASSAM

 “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser

Leia mais »

SONO DE CRIANÇA

Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim. Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para

Leia mais »