TEMPO: PERDIDO OU GANHO

 

 

“Remindo o tempo; porquanto os dias são maus.” (Efésios 5 : 16)

“Andai com sabedoria para com os que estão de fora, remindo o tempo.”

(Colossenses 4:5)

 

Fiquei surpreso e ao mesmo tempo envergonhado ao ler a biografia de William Carey, conhecido como “Amigo da Índia e pai das missões modernas”.Selecionei o texto abaixo, onde consta as suas atividades durante um dia que começou às 5:45 da manhã e terminou  por volta das 23 horas!

 

Quantas vezes deixo passar um dia com resultados mesquinhos, com oportunidades perdidas. Corro de um lado para o outro, e ao fazer um balanço no final do dia, vejo que fiz tão pouco, quase nada. Que vergonha!

 

Penso que o apóstolo Paulo seria um homem como William Carey, com todo o seu tempo tomado. Caso não fosse assim, não teria escrito os versículos acima.  Ele sabia remir o tempo, o que significa um viver marcado pela santidade, ações de misericórdia e palavras de consolo. Em Atenas  não perdeu tempo consoante o relato de Atos 17:15-16: “E os que acompanhavam Paulo o levaram até Atenas, e, recebendo ordem para que Silas e Timóteo fossem ter com ele o mais depressa possível, partiram.  E, enquanto Paulo os esperava em Atenas, o seu espírito se comovia em si mesmo, vendo a cidade tão entregue à idolatria”.

 

Dê uma olhada num só dia de William Carey, e isso há mais de 250 anos, quando a modernidade de nossos dias estava bem distante. O que seria um homem desse em nossos dias!

 

Ainda há esperança para mim em melhorar um pouco, usar melhor o meu tempo, claro, bem longe do que foi William Carey.

 

E há esperança, também, para você.

 

Arregacemos as mangas para que cada minuto de nosso dia produza mais, e com qualidade.

 

Acompanhe o dia de William Carey:

 

William Carey (17/08/1761 – 1.821)  era um autodidata, apaixonado por linguística, botânica, história e geografia. Ele aprendeu latim, grego, hebraico italiano, francês, holandês bengali, sânscrito, marathi, outras línguas orientais. Uma página de seu diário dá a idéia de sua dedicação: Leu a Bíblia em hebraico às 5,45hs  para sua devoção particular, realizou o culto doméstico em bengali às 7hs, leu com um intérprete um escrito em marathi às 8hs, trabalhou na tradução de um poema em sânscrito para o inglês às 9hs, deu uma aula de bengali na Universidade às 10hs, leu as provas do livro de Jeremias em bengali às 15hs, traduziu o oitavo capítulo de Mateus para o sânscrito com o auxílio de um tradutor da Universidade às 17hs, estudou um pouco a língua telinga às 18hs, pregou em inglês para um grupo de oficiais britânicos e suas famílias às 19,30 hs, traduziu o nono capítulo de Ezequiel para o bengali às 21hs, escreveu cartas para a Inglaterra às 23hs, e antes de dormir, ainda leu um capítulo do Novo Testamento em grego.

 

Que assim seja.

 

Orlando Arraz Maz

 

orlando

orlando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »