UM PRESIDENTE DO CORAÇÃO DE DEUS

 

“Disse no seu coração o insensato: Não há Deus”.

(Salmos 14:1)

A história mais recente de governantes ateus é bastante estarrecedora, pois muitos deles influenciaram as pessoas, incutindo nelas total desprezo a Deus, negando sua existência. Suas vidas foram lastimáveis, nutrindo em seus corações ódio, maldade, soberba, inveja, pois não permitiram que Deus os abençoasse, e mudasse seus corações. Hitler é um dentre muitos que ainda estão em nossa memória, e seus feitos abomináveis estão visíveis em prédios hoje transformados em museus.

É sempre assim. Quando colocam Deus de lado os efeitos atingem como verdadeira praga, os lares perdem o rumo, a violência se espalha, o ódio cresce nos corações, e o pior, se tornam inimigos de Deus.

Neste salmo o escritor é enfático: “Disse no seu coração o insensato: Não há Deus”. De fato, só pode ser insensato, “aquele que não está em seu juízo, cujos atos são contrários ao bom senso, à justa medida, insano, doido, delirante” (Dicionário). As provas da existência de Deus estão em toda parte, e Jesus ao vir a este mundo corroborou de maneira extraordinária, respondendo a seguinte pergunta de Felipe: “Senhor, mostra-nos o Pai e isso nos basta. Ao que Jesus respondeu: “Há tanto tempo que estou convosco, e ainda não me conheces, Felipe”? “Quem me viu a mim, viu o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai”?” (João 14:8,9).

Em outro Salmo assim afirma o Salmista: “Bem aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor” (Salmo 33:12).  E para “Deus ser senhor”, Ele tem que ser admitido nos corações, crido de maneira integral, obedecido e ser a bússola para todo governante.

O Brasil é conhecido como um país cristão, oxalá fosse, onde os governantes o temessem e o honrassem com suas vidas e ações, mas não é o que contemplamos à nossa volta, pois há os que desejam liderá-lo, trazendo a volta crenças que negam a existência de Deus e distorcem sua Palavra, com ensinos que pervertem as mentes de nossas crianças, e assim sejam infectadas desde os seus primeiros dias.

As eleições estão às portas, e cabe aos verdadeiros cristãos clamar a Deus que nos dê sabedoria em escolher aquele segundo o Seu coração. Um Presidente, mesmo que não se alinhe com os nossos ideais, mas que reconheça a Deus como Senhor, e governe nosso País com amor, justiça e paz.

Somente assim seremos uma nação abençoada.

Que assim seja

Orlando Arraz Maz©

Orlando Arraz Maz

Orlando Arraz Maz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »