meditaçoes bc

UMA NOVA VISÃO

Lançando sua capa para o lado,
de um salto, pôs-se de pé e dirigiu-se a Jesus” (Marcos 10:50)

 
Quando Jesus deixava a cidade de Jericó encontrou-se com um cego e devolveu-lhe a luz dos seus olhos. Esmolando à beira do caminho, percebeu que era Jesus quem se aproximava, e assim, começou a gritar implorando misericórdia. Sua situação era deveras triste, pois além de ser pobre e totalmente dependente da ajuda de outras pessoas, era desprovido da visão. Assim, mais do que nunca, precisa  encontrar Jesus, o Filho de Davi, e clamar por misericórdia. E o dia mais feliz de sua vida chegou.

Quantas lições podemos extrair desta passagem e aplicá-las na vida espiritual, não é mesmo? A Bíblia nos ensina que somos nascidos cegos, pobres e dependentes. O pecado roubou-nos tudo, atirou-nos à beira do caminho, sem piedade e sem misericórdia. Este é o serviço de Satanás, pois veio para “matar, roubar e destruir”.  Mas Jesus veio para dar vida e vida plena. (João 10:10).

Jesus ouviu seus gritos implorando misericórdia, embora muitos se incomodaram. Jesus, porém, mandou chamá-lo.

Não há outro recurso para o pecador senão clamar a Jesus e implorar  sua ajuda, mesmo que muitos o impeçam e se incomodem com seu clamor.

Jesus veio para “abrir os olhos aos cegos, para libertar da prisão os cativos e para livrar do calabouço os que habitam na escuridão”. (Isaias 42:7).

Bartimeu, o cego, atendeu prontamente o chamado de Jesus. Primeiro, desfez-se de sua capa, deu um salto, pôs-se de pé e dirigiu-se a Jesus. (Marcos 10:48-50).

Para sairmos da miséria espiritual como Bartimeu, precisamos reconhecer nossa total dependência de Jesus e clamar por sua misericórdia. Mas que ninguém se esqueça: “a capa” de nossa arrogância, de nossos “méritos”, de nosso “eu”, totalmente suja e imprestável, precisa ser deixada no caminho, pois sem dúvida vai nos impedir de alcançar a misericórdia de Cristo.

Por fim, Bartimeu pediu o que mais precisava: “Mestre, eu quero ver”. E imediatamente sua visão voltou e passou a seguir Jesus pelo caminho. Não mais o caminho da miséria que percorreu durante sua cegueira, mas o caminho que era o próprio Senhor Jesus.

Agora que todos sabem que a ”capa” atrapalha, precisam clamar sem demora:” Mestre, eu quero ver”, e sem dúvida os olhos espirituais serão abertos, e a beleza de Cristo será apreciada em sua totalidade.

Jesus ainda passa pelo caminho onde o pecador se encontra caído, e seu desejo é abrir-lhe os olhos. Ajoelha agora aos seus pés, e faça o que manda sua Palavra: “Se com tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo”. (Rom. 10:9).

Sem “capa”, mas com visão dada por Jesus.

Que assim seja.

Orlando Arraz Maz©

Orlando Arraz Maz

Orlando Arraz Maz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

FELIZ DIA DAS MÃES

Hoje é um dia bastante especial, portanto, diferente de todos os outros. Esse dia foi instituído para homenagear nossa mãe, e devolver-lhe um pouco do

Leia mais »

O VERDADEIRO NATAL

 “ela dará à luz um filho, a quem chamarás JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados”. (Mateus 1:21). Falar ou escrever sobre

Leia mais »

ESPERANÇA INABALÁVEL

Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração. Romanos 12:12 Durante a guerra civil americana, num determinado dia houve um momento de trégua,

Leia mais »

AFLIÇÕES QUE PASSAM

 “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser

Leia mais »

SONO DE CRIANÇA

Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim. Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para

Leia mais »