UMA SIMPLES FEBRE – Autoria:Orlando Arraz Maz

UMA SIMPLES FEBRE
 
“Ora, a sogra de Simão Pedro achava-se enferma, com febre muito alta; e rogaram-lhe por ela;e inclinando-se para ela, repreendeu a febre, e esta a deixou.E ela levantando-se logo,servia-os” (Lucas 4:38,39)

Pedro já conhecia alguns milagres de Jesus.As notícias sempre chegavam de todas as partes.
Em Nazaré, sua cidade natal, fora expulso após pregar na sinagoga. Em Cafarnaum, libertara o endemoninhado, cidade onde morava Pedro. Mas o poder de Cristo agora iria atuar na sua casa, curando de uma febre alta sua sogra.

Quanta bondade tem o Messias há pouco conhecido por Pedro. Uma vez em sua casa, conta-nos o médico Lucas que Jesus se inclinou para ela, em sua cama, repreendendo a febre que a deixava prostrada. Logo, esta senhora começou a servir o Senhor Jesus e os demais presentes naquela casa.

E Pedro, sem dúvida, fora testemunha ocular da restauração da saúde de sua sogra.E mais uma vez, a admiração por Jesus cresce em seu coração.

O Mestre acabara de curar uma enfermidade aparentemente simples, uma febre, tão diferente das possessões demoníacas. Para ele não havia qualquer impedimento ou cansaço.
Nada sabemos dessa senhora. Mas a sua febre tem lições importantes para todos nós.

A febre sempre é prenúncio de uma enfermidade maior, algo escondido dentro do corpo, que uma vez descoberto e combatido, cessa de uma vez.

Este acontecimento na vida familiar de Pedro, sem dúvida, foi direcionado pelo Espírito Santo, a fim de que servisse de bênção em sua vida, e  tirasse lições que iriam ajudá-lo em seu ministério anos mais tarde.

Como este, todos os demais fatos narrados nas Escrituras são usados por Deus para o nosso ensino.

Pedro precisava saber que Jesus se importava com coisas simples e aparentemente triviais aos olhos humanos.

O ser humano não perde tempo com pequenas coisas, e muitas vezes, uma simples febre, não assusta ninguém.

Mas não foi assim com Jesus. A febre da sogra de Pedro foi tratada com muito interesse por parte de Jesus. E uma vez curada, logo se levantou, passando a servir todos os que estavam em sua casa. Plena disposição e boa vontade para fazer o melhor para Jesus.

A febre, olhando pelo prisma espiritual, denota um estado de prostração, desânimo, languidez. Ela tira toda a vontade espiritual, toda a alegria. Há abatimento total. E Jesus, ao entrar no coração do homem, como em uma casa, perdoa o pecado, a saúde espiritual é restaurada, a febre é banida de uma vez por todas, e a pessoa passa a ser útil.

E Pedro aprendeu esta grandiosa lição. Na igreja recém formada no Pentecostes, quantas vidas foram salvas, homens e mulheres vivendo no mais terrível estado febril, alcançaram o perdão dos pecados, crendo no sacrifício do Senhor Jesus.

Hoje Cristo deseja entrar em muitos lares, onde a febre tem separado corações de pais e filhos, maridos e esposas, pronto para dar saúde e disposição para serem úteis nos caminhos de Deus.

Fico imaginando a alegria desta mulher e a surpresa dos seus vizinhos, ao vê-la totalmente restabelecida pelo simples toque de Jesus. Por que? Porque Jesus se inclinou para ela. O Rei dos reis, o Senhor dos senhores, se inclinando para esta mulher. Foi exatamente para isto que Ele veio, descendo dos céus e tomando a nossa forma, “antes a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo” (Filip.2:7).

Outra lição que Pedro aprendeu neste dia foi que sua sogra, uma vez restaurada, desejou servir aos que estavam em sua casa. Por certo, primeiramente serviu a Jesus. Assim se dá com os que foram salvos do pecado: nasce  uma nova disposição para servir a Cristo e cuidar dos seus interesses.

Que notável foi este dia para a sogra de Pedro. Mas muito mais, para todos os que foram curados da febre do pecado e sentiram o toque de Jesus se inclinando para salvar.

Para Pedro foi mais uma experiência notável, dentre as inúmeras que sentiria no decorrer do ministério de Jesus.

Que esta experiência na vida da sogra de Pedro sirva para todos os que passam por estados letárgicos, desanimados, abatidos, sem coragem.

Jesus, ainda hoje, deseja entrar em cada coração, estender a sua mão, reanimar e restaurar a fim de que tenham uma vida saudável e uma disposição santa para um serviço abençoado.
orlando

orlando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »