UMA VIDA DEDICADA A CRISTO

Stuart Edmund McNair nasceu a 8 de março de 1867 na Inglaterra e partiu para o Senhor em 1959, no Brasil, Mais precisamente na cidade de Teresópolis RJ

 
Entre os muitos hinos que escreveu ou traduziu, 57 aparecem em Hinos e Cânticos. Ao partir da Inglaterra em 1891, com destino a Portugal, Mc Naír atendia a uma oferta de emprego numa firma de engenharia.
Talvez não lhe passasse pela mente a ideia de vir ao Brasil e, sem dúvida, não podia sequer imaginar quão grande obra o Senhor tencionava fazer por meio dele em nosso país.
 
Chegando a Lisboa, onde fixou residência, nosso saudoso irmão associou-se ao irmão George Howes (1873-1945) no serviço do Evangelho. E o hinário, que Holden deixara na segunda edição, recebeu por parte de McNair e Howes uma atenção especial. Com muito esforço e entusiasmo veio a lume a 3a. Edição em 1898, doze anos após a partida de Holden para Cristo, edição essa consideravelmente aumentada e sensivelmente aperfeiçoada.
Foi em maio de 1896 que McNair desembarcou no Rio de Janeiro, desejoso de ensinar a Palavra de Deus e pregar o santo Evangelho. Mantivera correspondência com o irmão J. F. Barbosa, um dos elementos mais destacados no grupo de crentes que, como fruto do trabalho profícuo de Richard Holden, reunia-se unicamente em Nome do Senhor, sem bandeira denominacional. O grupo reunia-se, então, na residência do irmão Daniel Faria.
Desejoso de ajudar esses irmãos em seu desenvolvimento espiritual foi que Me Nair decidiu partir para o Brasil.
Foi num barracão apertado e muito quente, nos fundos da casa de Daniel Faria, que McNair teve a sua primeira residência no Brasil. Daniel foi para ele um companheiro alegre e prestativo durante os primeiros anos do seu ministério, deixando-lhe boas e agradáveis recordações.
Reconhecemos com gratidão a Deus a grande obra que Ele realizou por meio do Seu servo, pois começando na então Capital Federal, McNair prosseguiu pelo estado do Rio de Janeiro, estendendo o seu ministério evangelístico e didático às localidades de Paiacambi, Mendes, Pati do Alferes, Petrópolis, São José do Rio Preto, Barreiro (Itaperuna),e muitas outras.. No estado de Minas Gerais, trabalhou em Carangola onde, na zona rural denominada Conceição do Carangola, fundou uma Escola Bíblica, na qual cooperou o exímio mestre da Palavra que foi o irmão Harold St. John, notável obreiro cujo ministério tem sido apreciado em várias partes do mundo.
Semelhantes veículos de ensino foram por ele promovidos em Portões e Divisório (Muriaé), em Minas Gerais, e em Barreiro (Itaperuna), no estado do Rio de Janeiro. Nosso irmão viajou muitas léguas a cavalo, cortando os sertões, cruzando a extensa região denominada “Zona da Mata”, bem como o longo Vale do Rio Doce, beneficiando com seu ministério os estados de Minas e Espírito Santo. Por todas essas extensas áreas, construiu dezenas de casas de oração. Trabalhou também na cidade de Recife em Pernambuco.
Voltou a Portugal, onde permaneceu oito anos, ao fim dos quais, atendendo a um chamado inesperado, veio para uma cidade do Maranhão a fim de cooperar no ensino da Palavra. Esperava fazer o trabalho e regressar a Portugal, ali permanecendo definitivamente, mas o Senhor mostrou-lhe que outro era o Seu plano, pois, chegando novamente aos locais onde iniciara as suas atividades e constatando o progresso ocorrido, constatando, ainda, a vastidão do promissor campo missionário brasileiro, sentiu-se movido a permanecer neste país.
Em 1933, já impossibilitado fisicamente de fazer longas viagens a cavalo, fixou residência em Teresópolis, onde fundou a Casa Editora Evangélica. Dali serviu o Brasil com farta e proveitosa literatura, publicando os seus
próprios escritos e também de outros autores. Foi redator do periódico “Boletim Evangélico”, fundado em 1927, o qual foi sucedido pela “Biblioteca Evangélica”. Escreveu os seguintes livros: Pequeno Dicionário Bíblico, A Bíblia Explicada, Cartas Ocasionais, Palestras com os Meninos, A Vida Cristã, Consultório Espiritual e O Guia do Pregador, além de outros. E foi da Casa Editora Evangélica que saiu, em 1939, á primeira edição de HINOS E CÂNTICOS COM MÚSICA.
Na madrugada de 10 de janeiro de 1959, McNair passou tranquilamente para o seu repouso eterno na presença do Senhor, a Quem com tanta dedicação serviu durante a maior parte dos seus 92 anos de existência.
orlandoarraz

orlandoarraz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »