VASO RECUPERADO

O primeiro homem foi formado qual vaso perfeito,
Sem trincas, rachaduras ou ondulações.
Mãos de poder o fizeram. Mãos maravilhosas de Deus.
Mas não tardou que o lindo vaso fosse quebrado,
Perdendo toda graça, encanto e beleza.




Os cacos, antes um vaso, se esparramaram ao solo,
Já sem brilho, sem luz, sem fulgor.
O que fazer, então, para recuperá-lo,
Dar-lhe a graça e o encanto de outrora?
Quem seria o restaurador competente?


Mas Deus, o sábio criador, na sua divindade,
Sabia que tal acidente fatalmente aconteceria,
E para juntar os cacos espalhados,
Ao mundo seu amado filho enviaria.




E  mais tarde, na cruz,o vaso destruído,
Pelo sangue derramado encontrou restauração.
Os cacos foram juntados, as trincas removidas, e
A beleza, enfim, propiciada.


Hoje, o homem, qual vaso quebrado encontra em Deus
Todo seu poder restaurador.
Basta crer na morte de seu Filho
para que toda a beleza outrora perdida,
todo brilho apagado,
Sejam de pronto restaurados.


A decisão está em suas mãos:
continuar como cacos espalhados, sem alegria, sem paz,sem serventia,
Ou nas mãos de Deus ser um vaso perfeito, revestido de ouro ou de prata,
Pois só a  Divindade de Deus – o ouro – e da Redenção de Jesus – a prata –
São capazes para o bendito milagre.

Orlando Arraz Maz

orlando

orlando

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »