Fátima – Vida abençoada e abençoadora

Dos 18 aos 63, um caminho de marcas abençoadas e abençoadoras.

Foi lá pelos idos de 1967 quando tive a melhor experiência: conhecer uma jovem de 18 anos, bonita, cheia de vida, sorridente ,por quem me apaixonei.

E dos 18 aos 63, por volta de 45 anos de felicidade, eu a segui como por uma estrada, sem curvas, reta, sem barrancos ou buracos.
Hoje, olhando com os olhos da experiência da vida, quero espalhar orquídeas , rosas, margaridas ao longo dessa estrada, para que outros 45 anos possa caminhar por ela.
Não sei se dou parabéns a mim ou a você. A você, sem dúvida pelo seu aniversário, a mim, por tê-la a cada dia como presente de Deus.

Que o Deus da paz inunde seu coração de paz.

Felizzzzzzzzzzzzzzzzzzz aniversario.
orlando

orlando

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bem vindo!

Deixe seu comentário no final da postagem aqui no blog.

A SENDA DO CRISTÃO

HINOS E CÂNTICOS

O FOLHETO FALANTE

Clique no folheto que abrirá em PDF

Postagens Recentes

BANDEIRA DA ESPERANÇA

Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio   e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu

Leia mais »

TORRE FORTE E INABALÁVEL

Uma homenagem à Casa de Oração de Jardim Botucatu pelos seus 48 anos de atividade. 1973 – 2021  As torres construídas ao longo da história

Leia mais »

BOAS OBRAS NA PANDEMIA

“Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me

Leia mais »

UM NOVO VIGOR

  UM NOVO VIGOR Senhor, traga de novo ao coração do crente A comunhão da igreja dos primeiros dias. A conversão sincera, novo andar e

Leia mais »

QUAL O TAMANHO DO SEU SOFRIMENTO?

  Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão

Leia mais »

O SANGUE QUE ME PURIFICA

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos

Leia mais »